Feagri

Laboratório

  • Atribuições

    Realização de estudos nas áreas de energia para agricultura e tecnologia de refrigeração na pós-colheita, através do desenvolvimento, projeto e avaliação de sistemas com cadeia do frio, determinação de parâmetros físico-químicos de produtos hortícolas e seu acondicionamento, avaliação da vida de prateleira e elaboração de laudos técnicos de tecnologia do frio na qualidade de produtos hortícolas.
  • Atribuições

    Desenvolvimento de atividades nas áreas de conservação e processamento de produtos agrícolas, compreendendo todas as fases de pós-colheita: limpeza, secagem, beneficiamento, classificação e armazenamento de produtos agropecuários.
  • Atribuições

    Desenvolvimento de estudos nas áreas de pedologia, física e conservação do solo.
  • Atribuições

    Realização de estudos sobre temas referentes ao desenvolvimento tecnológico e impacto sobre recursos naturais no que se refere ao gerenciamento, tratamento e aproveitamento de resíduos, qualidade de água, planejamento e gerenciamento de recursos hídricos.

    Agenda de Equipamentos

    LMAS

    Hotsite

  • Atribuições

    Realização de estudos referentes ao comportamento físico dos tecidos biológicos de interesse às interações máquina-planta durante as diversas operações agrícolas, pré-processamento de produtos agrícolas, senescência do tecido biológico, classificação e transporte de produtos agrícolas, propriedades acústicas e speakle dinâmico ou biospeackle relacionados com a senescência e com as propriedades mecânicas do tecido biológico.
  • Atribuições

    Sua estrutura organizacional auxilia pesquisas relacionadas à desenvolvimento de máquinas agrícolas e agricultura de precisão. Seu espaço físico e equipamentos disponíveis oferecem suporte a aulas práticas da graduação e pós-graduação. O laboratório é a base do Grupo Interdisciplinar de Tecnologia em Agricultura de Precisão (GITAP), acomodando seus membros de graduação e pós-graduação e permitindo ambiente de integração das pesquisas realizadas pela equipe.

     

    logo gitap peqViabilização do uso de recursos, principalmente os computacionais, para a simulação estática e dinâmica de estruturas e mecanismos, assim como recursos de desenho assistido por computador (CAD) e sua interface com os pacotes de simulação e otimização.

    HotSite

  • Atribuições

    Realização de atividades relacionadas ao aproveitamento de resíduos agroindustriais, à utilização de materiais alternativos e convencionais em construções rurais, identificação anatômica e caracterização físico-mecânica de madeiras nativas e de reflorestamento, e identificação e caracterização de solos tropicais.
  • Atribuições

    LICApoio às diversas atividades intrínsecas ao desenvolvimento de práticas nas áreas de instrumentação, controle e automação.

    HotSite

  • Atribuicoes

    Desenvolvimento de estudos sobre disponibilidades hídricas em bacias hidrográficas e sobre os aspectos de quantidade e qualidade da água.
  • Atribuicoes

    Realização de atividades nas áreas de hidráulica e irrigação, através do desenvolvimento de técnicas e testes de equipamentos aplicados.

    Hotsite

  • logo geopro peq
    HotSite

    Atribuições

    Desenvolvimento de estudos, projetos e cursos sobre aplicação de técnicas de Geoprocessamento, como os Sistemas de Informações Georeferenciadas (SIG), Sensoriamento Remoto e Sistemas de Posicionamento Global (GPS), em agricultura e meio ambiente.

  • Atribuições

    O Laboratório de Ergonomia viabiliza as aulas práticas vinculadas ao ensino de graduação e pós-graduação e auxilia na realização de pesquisa e extensão na Faculdade de Engenharia Agrícola nas áreas de ergonomia de concepção e ergonomia da atividade. Suas atividades estão vinculadas ao Grupo de Pesquisa em Ergonomia, Trabalho e Agricultura – GETA – certificado pelo CNPq e em atividade na Unicamp desde 2003. As linhas de pesquisa em desenvolvimento pelo GETA são as seguintes:

    Ergonomia de concepção: Utiliza-se a metodologia projetual integrada à perspectiva ergonômica com intuito de desenvolver e gerar novas soluções tecnológicas, materializadas em ferramentas, equipamentos e postos de trabalho. Durante a realização dos projetos, no processo de construção e de resolução dos problemas, a ergonomia de concepção se articula com outros conhecimentos e técnicas (Antropometria, Biomecânica, Segurança do Trabalho, Engenharia Cognitiva, Design Industrial, Análise da Atividade Futura) para considerar os usuários/operadores e as tarefas envolvidas nos sistemas de trabalho.

    Ergonomia da atividade: Esta linha de pesquisa busca utilizar as ferramentas conceituais da organização do trabalho e da ergonomia para analisar e diagnosticar problemas e dificuldades nas situações de trabalho, identificando demandas para o desenvolvimento de novos dispositivos tecnológicos, colaborando para a transformação do ambiente laboral e promovendo saúde, conforto e segurança, sem prejuízo das metas organizacionais de eficiência e eficácia da produção. A principal ferramenta metodológica utilizada é a Análise Ergonômica do Trabalho (AET). Entre os procedimentos disponíveis para viabilizar uma intervenção ergonômica, destacam-se a Análise da Atividade e a Análise da Tarefa.

    O Laboratório de Ergonomia oferece suporte para as aulas das seguintes disciplinas do currículo de graduação em Engenharia Agrícola: FA026 ─ Ergonomia Aplicada a Engenharia Agrícola; FA069 ─ Organização e Análise Ergonômica do Trabalho; FA094 – Segurança do Trabalho Rural. Quanto ao curso de pós-graduação, nos programas de mestrado e doutorado, o laboratório contribui para as seguintes disciplinas: AP410 ─ Ergonomia Aplicada ao Projeto de Engenharia; AP501 ─ Organização e Análise Ergonômica do Trabalho.
  • Atribuiçoes 28.19.01

    Suporte às pesquisas desenvolvidas na área de avaliação de materiais e estruturas utilizando ultra-som, bem como o apoio a diferentes disciplinas de graduação e pós-graduação em engenhariaagrícolae engenharia mecânica
  • Atribuicoes

    Realização de atividades voltadas à área de oferta e utilização da energia elétrica nas atividades e nos processos agrícolas.
  • Atribuicoes

    O Laboratório de Controle Ambiental - LCA, está vinculado às áreas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade, tendo como objetivo geral o apoio às diversas atividades das linhas Curriculares de Graduação (Ambiência, Infraestrutura Rural, Tecnologia Pós-Colheita) e das Áreas de Concentração da Pós-Graduação (Construções Rurais, Ambiência e Tecnologia Pós-Colheita).

     

  • Atribuicoes

    Desenvolvimento atividades relacionadas à área de conforto térmico na produção animal
  • Apresentacao

    HotSite

    O Laboratório Multi-usuários de Comunicação e Pesquisas Ambientais e Agrícolas Terramãe foi montado em parceria com outras duas unidades da Universidade Estadual de Campinas/Unicamp, o Instituto de Artes/IA e o Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais/Nepam, . O Laboratório vem atuando no sentido de difundir os resultados das pesquisas realizadas nestas unidades, numa ação direta junto a comunidades de agricultores familiares, em especial dos núcleos de assentamentos de reforma agrária, comunidades ribeirinhas, comunidades quilombolas e populações moradoras em áreas de preservação ambiental, com a participação pró-ativa de alunos (de graduação e pós-graduação), pesquisadores, técnicos especalizados e professores.
     

    Objetivo

     O objetivo do laboratório é dar sustentação às atividades de pesquisa, ensino e extensão desenvolvidas pelas equipes de docentes, pesquisadores, técnicos especializados, alunos de pós-graduação (mestrado e doutorado) e de graduação, estagiários e bolsistas de iniciação científica

    Na abordagem junto às diferentes comunidades envolvidas tanto com projetos de desenvolvimento da agricultura familiar como com projetos ambientais e, ainda, na intersecção entre estas duas vertentes, esses profissionias têm uma práxis forjada em várias vivências empíricas e que tem como pressuposto teórico a construção do conhecimento a partir da análise das hipóteses produzidas pelas comunidades, levando em conta seu repertório cultural, em um processo de co-evolução entre pares, que se traduz no estabelecimento de programas que respondam às suas aspirações e lhes agreguem saber científico. Dessa forma amplia-se para estas populações o leque dos observáveis como condição para a definição de objetivos concretos e sócioeconomicamente viáveis a suas ações. Dessa práxis emergiu a imperante necessidade da utilização de recursos audiovisuais, como forma de registro de conhecimento, para se trabalhar dentro do universo da oralidade que é característica geral dos moradores das áreas alvo dos projetos.

    Em um âmbito mais específico, os trabalhos desenvolvidos pelo Laboratório destinam-se a realizar produções audiovisuais que possibilitem o registro das realidades sociais e ambientais onde os indivíduos vivem e constroem suas vidas e suas perspectivas de futuro, bem como promover uma maior integração Universidade-Sociedade.

Please publish modules in offcanvas position.